A importância da saliva para a saúde bucal e sistêmica.

A quantidade de saliva secretada por dia pode variar entre 1 a 2l, e depende de algumas circunstâncias, como idade e dieta para esta oscilação ser normal.
Quando estas oscilações passam a ser corriqueiras ou constantes, fica estabelecido um quadro de alteração por diminuição do fluxo salivar, chamada xerostomia e por excesso, chamada sialorréia.
Uma salivação deficiente promove ambiente propício para infecções oportunistas, desconforto na deglutição e fala, e para os pacientes portadores de próteses, muitas vezes estimula a intolerância na utilização das mesmas, e isto se deve ao fato da saliva promover a umidificação e proteção do ambiente bucal, pois há presença de anticorpos e traços minerais para o reequilíbrio este ambiente.
Quando o problema está no excesso, o portador de salivação intensa pode derramá-la pelo canto da boca e engasgar-se com constância, pois as vias aéreas são invadidas constantemente por fluxo salivar.
Geralmente estes quadros de alteração têm como causa a presença de doenças sistêmicas, tumores, comprometimento neurológico, utilização de medicamentos e drogas que interferem na secreção do fluxo saliva, entre outras.
Seu tratamento depende desta etiologia e pode variar com a irradiação de fontes de radiação eletromagnética ( terapia laser e radioterapia) nas glândulas salivares maiores, no uso de medicamentos específicos (como é o caso da Pilocarpina e da Cevimelina, para aumento do fluxo salivar), ou ainda a indicação de estimuladores mecânicos. A utilização de saliva artificial é necessária até que reequilíbrio aconteça.
Para a diminuição do fluxo existem indicações cirúrgicas e medicamentosa anti-sialogoga, que também dependem da causa e da circunstância.
Prevenir estas alterações exige que o cirurgião dentista tenha sempre o detalhamento da situação sistêmica do paciente, que deve mantê-lo atualizado quanto à novas medicações nos tratamentos médicos para que propostas terapêuticas auxiliem na secreção normal da glândula salivar, hidratação diária adequada e atentar a eventos que possam delatar alterações salivares que fujam do padrão de normalidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s